DICAS DA MERCEARIA!

SEGREDOS DE UM BOM BIFE
Bom apetite....

Para se preparar um bom bife necessitamos de boa carne e de boa frigideira.

A carne para um bom bife deve ser macia (maturada, de preferência) e ter um pouco de gordura entremeada (picanha, bisteca de boi ou miolo de alcatra, esta é a ordem decrescente de marmorização).

Quanto à frigideira, dê preferência à de ferro fundido, pois uma vez bem aquecida, mantém calor uniforme durante todo o preparo.

Preparo:

Retire a carne da geladeira com 30 minutos de antecedência. Passe sal e um pouco de pimenta-do-reino sobre cada fatia, de 2 a 3 minutos antes de levar à frigideira.

A pimenta deve ser moída na hora, pois as pré-moídas perdem logo o aroma, mantendo apenas o gosto ardido.

Aqueça bem a frigideira, unte-a com um pouco de óleo, ou manteiga e óleo, meio a meio, ou ainda manteiga e azeite. Somente manteiga queima, mas misturada ao óleo, isso não acontece.

Nunca coloque mais que duas fatias de carne por frigideira, para que o bife já comece tostando e não soltando suco, no qual fatalmente cozinharia.

A técnica para todas as carnes grelhadas é a de tostar rapidamente os dois lados para que as superfícies fiquem seladas, mantendo toda a suculência desejada.

Lembre-se: carne suculenta é sinônimo de carne saborosa.

Tendo os dois lados selados, pode-se abaixar o fogo e esperar que a carne chegue ao ponto desejado. Uma forma de se saber o ponto é apertando a carne, enquanto grelha, com as costas de um garfo e observar: quanto mais elástica a superfície, menos passada, quanto mais firme, mais bem passada.

Como referência, podemos afirmar que uma carne com 2 cm de espessura leva, para chegar ao ponto, aproximadamente 5 minutos de cada lado.