PAMUKKALE - CASTELO DE ALGODÃO
 
Conforme você se aproxima de Pamukkale na Turquia, uma mancha branca ao longo dos montes no norte sugere uma pista de esqui ou uma mina aberta.

Chegando mais perto, a mais de 100 metros de altitude acima do nível do Rio Valley estão degraus absolutamente brancos.

Pamukkale é uma das maravilhas naturais mais extraordinárias da Turquia.

A grande atração é o vasto branco do penhasco com as bacias esculpidas cheias de água e as quedas de água congeladas. Parecem ser feitas de neve, de nuvens ou de bolas de algodão.

A explicação científica são os locais térmicos quentes que por baixo do Monte, provocam o derrame de carbonato de cálcio, que solidifica como o Travertine. Se tirarmos os sapatos, pode-se molhar os pés ou mesmo se banhar naquelas águas. Os turcos chamaram a este local mágico Pamukkale, que significa "castelo de algodão".

É uma paisagem protegida que fascina, pois a ação das várias águas minerais que contêm óxidos de cálcio deixou fantásticas marcas nas estrutura. O efeito resultante é espectacular: estas águas minerais são ricas e derramaram para baixo sobre uma série dos degraus que projetam cascatas solidificadas e bizarras, mudando a sua cor de acordo com a luz solar que os ilumina.

A dinâmica contínua da erosão e da transformação da paisagem natural resultou num ambiente inigualável em qualquer outra parte do mundo e que constitui um dos fenômenos mais originais a ser encontrados na natureza.